Financial Wellbeing Barometer White Paper

O Barómetro do Bem-Estar Financeiro da Intrum fornece um panorama dos consumidores europeus sobre a capacidade de equilibrar os seus rendimentos mensais e despesas, pagar as contas da casa nos prazos e poupar uma parte do seu salário mensal para o futuro.

O Barómetro do Bem Estar Financeiro tem como objectivo proporcionar uma perspectiva holística sobre como os consumidores de 24 países europeus estão a gerir as suas finanças pessoais, classificando-os numa tabela de 1 (topo) a 24.

 

Conforme abordado no nosso European Consumer Payment Report 2021 (ECPR), publicado em Novembro de 2021, os consumidores esperam que a recuperação continue ao longo de 2022, mas estão apreensivos com a perspectiva do aumento da inflação e uma nova crise global. Mas como está o bem-estar financeiro entre os consumidores?

Intrum White Paper - Financial Wellbeing Barometer Report

Definimos o bem-estar financeiro como "a segurança financeira para satisfazer as necessidades de gastos diários e ter o controlo das próprias finanças". O Barómetro leva em consideração vários aspectos das finanças pessoais ao calcular a pontuação do bem-estar; nível de rendimentos, capacidade de pagar as contas nos prazos, relação dívida/rendimento, taxas de poupança e nível de educação financeira. Todos estes factores são calculados para uma pontuação geral do país e uma classificação agregada. Que países ocupam os primeiros e últimos lugares? 

O nosso último White Paper, publicado em Março de 2022, chega num momento de mudança e incerteza na Europa. No momento de escrever este artigo, a invasão russa na Ucrânia ensombrou muito as perspectivas a curto prazo da economia europeia. Para além das graves consequências sociais e políticas, podemos esperar um impacto económico directo na Europa.

Os países DACH relatam o bem-estar financeiro mais forte

Os três países DACH – Alemanha (D), Áustria (A) e Suíça (CH) – são os que apresentam os melhores desempenhos no Barómetro deste ano, graças a um rendimento familiar disponível resiliente, juntamente com uma literacia financeira consistentemente alta.

Uma recuperação modesta no sul da Europa

Quando a Intrum inquiriu os consumidores no auge da pandemia de 2020, vimos quedas significativas no bem-estar financeiro dos consumidores no sul da Europa, já que o Covid-19 devastou o sector de viagens e hotelaria e agravou a dívida pré-existente das famílias e a instabilidade financeira em países como a Itália, Espanha e Grécia.

Passado pouco mais de um ano, Itália, Espanha e Portugal mostram melhorias no bem-estar financeiro. Por outro lado, numa economia que depende fortemente do turismo, os consumidores gregos estão particularmente preocupados com o impacto a longo prazo da pandemia.

Perspectivas de curto prazo: inflação deve acelerar devido à invasão russa

Como a situação actual é dinâmica, é difícil prever quão severas serão as pressões sobre os preços e o impacto nas condições económicas em geral. A incerteza causada pela invasão russa e as sanções do Ocidente à Rússia em resposta às suas acções militares fizeram subir drasticamente os preços do petróleo e do gás.

Os preços do gás na Europa aumentaram mais de 50%, enquanto o preço do petróleo crude Brent subiu acima de US$ 100 por barril quando o conflito começou, e recentemente subiu para os níveis mais altos desde 2008, devido à especulação de que a UE e os EUA vão proibir as importações de petróleo russo, como parte das suas sanções.

Confrontados com aumentos contínuos e acentuados dos preços, as famílias e as empresas podem ter dificuldades para cumprir as suas obrigações financeiras. Isto é especialmente verdade para os sectores mais prejudicados pela pandemia e onde houve pouca ou nenhuma acumulação de poupança nos últimos dois anos, o que poderia dar alguma protecção contra o forte aumento da inflação
Anna Zabrodzka, Economista Senior da Intrum

Além disso, a Rússia é o principal produtor e exportador de várias outras matérias-primas, como o carvão, ferro, alumínio, cobre, níquel e platina. Enquanto isso, a Ucrânia é um importante produtor de gás neon que é usado na produção de chips.

Estes factores provavelmente agravarão as interrupções nas cadeias de abastecimento. Para o que nos temos que preparar?

Obter exemplar do estudo