MENSAGEM IMPORTANTE 

A Intrum Portugal informa que estão a circular mensagens de correio eletrónico fraudulentas, que não são sua autoria, nem da sua responsabilidade.
Foram detectadas mensagens falsas num português pouco correto e que estão a usar o domínio intrum.pt. Estas mensagens não tem origem na rede da Intrum - intrum.com. Alertamos que não deve reagir a estes emails, devendo eliminá-los de imediato, sem que haja qualquer tipo de interação - não descarregue anexos nem aceda a links. A Intrum está a desenvolver todos os esforços para conter esta situação, incluindo o alerta às autoridades competentes.

Dia Mundial da Poupança

Portugueses poupam para despesas inesperadas

Mais de metade da população portuguesa tem condições financeiras para suportar até 640€ de despesas imprevistas.

Na data em que se comemora o Dia Mundial da Poupança, dia criado pela Sociedade Mundial de Bancos de Poupança para promover a poupança pessoal e fortalecer a autossuficiência económica das pessoas, a Intrum procurou saber mais sobre os hábitos de poupança dos portugueses.

O European Payment Consumer Report - EPCR, estudo anual elaborado pela Intrum, revelou que 55% dos portugueses inquiridos poderia, sem ter que pedir dinheiro emprestado, pagar uma despesa imprevista de 640 euros. Aliás, a principal motivação da poupança mensal dos portugueses continua a visar eventuais despesas imprevistas (76%), valor que se manteve igual comparativamente ao do ano anterior. Em relação ao consumidor médio europeu, este reportou um ligeiro aumento nas suas poupanças mensais (59%) em comparação com os anos anteriores: 57% em 2017 e 50% em 2016.

Para que poupam os portugueses todos os meses?

Em Portugal, a geração dos Millennials (entre os 25 e 34 anos) é a que mais poupa; 7 em cada 10 (70%) afirma poupar dinheiro todos os meses, comparando com as pessoas com mais de 50 anos onde a percentagem dos que poupam atinge o valor mais baixo (55%). Estes valores, muito em linha com a média europeia (68%) e (53%) respetivamente, distanciam-se significativamente da vizinha Espanha onde a faixa etária a partir dos 50 anos é o grupo que mais poupa, atingindo os 73%.

Dos portugueses inquiridos 59% revela conseguir poupar, em média, 193€ todos os meses, sendo que 62% investe as suas economias em contas poupanças. Contudo, esta percentagem tem vindo a revelar uma tendência decrescente, com um ligeiro decréscimo comparativamente ao ano anterior (66%).

Já 9% dos inquiridos revela não saber como investe as suas poupanças, tendo sido este valor, todavia, mais elevado em 2017 (12%).

A Intrum recomenda algumas regras importantes que deverá seguir para manter o seu orçamento familiar equilibrado:

  • Treine a sua capacidade para gastar dentro das suas possibilidades. Faça um orçamento das suas despesas domésticas, com todos os gastos que tem mensalmente com o objetivo de não gastar dinheiro que não tem.
  • Pense duas vezes antes de comprar – Precisa mesmo?
  • Nunca assine um contrato sem o ler e ter compreendido todas as cláusulas.

Para conhecer o estudo European Consumer Payment Report, obtenha aqui a sua cópia.